sábado, 25 de setembro de 2010

In the arms of an angel - Sarah McLachlan (escrito nas estrelas internacional) Letra e tradução

Não se engane, querido googlenauta, essa música já foi lançada há um tempão, fez parte do filme "Cidade dos Anjos" (lançado em 1998), é de chorar mesmo, e a Globo fez bem em incluí-la na trilha da novela...mas não é novidade, rs

ouça aqui (Sarah McLachlan em uma performance impecável):


segue a letra e a tradução:


In The Arms Of The Angel
Spend all your time waiting for that second chance
For the break that will make it ok
There's always some reason to feel not good enough
And it's hard at the end of the day
I need some distraction oh beautiful release
Memories seep from my veins
They may be empty and weightless and maybe
I'll find some peace tonight
In the arms of an Angel fly away from here
From this dark, cold hotel room, and the endlessness that you fear
You are pulled from the wreckage of your silent reverie
You're in the arms of an Angel; may you find some comfort here
So tired of the straight line, and everywhere you turn
There's vultures and thieves at your back
The storm keeps on twisting, you keep on building the lies
That you make up for all that you lack
It don't make no difference, escaping one last time
It's easier to believe
In this sweet madness, oh this glorious sadness
That brings me to my knees
In the arms of an Angel far away from here
From this dark, cold hotel room, and the endlessness that you fear
You are pulled from the wreckage of your silent reverie
In the arms of an Angel; may you find some comfort here
You're in the arms of an Angel; may you find some comfort here

Nos Braços do Anjo
Passe  todo seu tempo esperando por uma segunda chance
Para o momento em que ficará tudo bem
Há sempre uma razão para não se sentir bom o suficiente
E é difícil no fim do dia
Eu preciso de alguma distração oh lindo desprendimento
Memórias se infiltram pelas minhas veias
Elas talvez sejam vazias e leves, e talvez
Eu encontre alguma paz esta noite
Nos braços de um Anjo, voe para bem longe daqui
Deste quarto escuro e gelado de hotel e o infinito que você teme
Você é puxado dos destroços do seu devaneio silencioso
Você está nos braços de um Anjo, que você encontre algum conforto aqui
Tão cansado do caminho reto, e para todo lugar que você olha
Há abutres e ladrões nas suas costas
A tempestade continua destruindo, você continua construindo as mentiras
que você inventa para substituir o que falta em você
Não faz diferença, escapar uma última vez
É mais fácil acreditar
Nesta doce loucura, esta tristeza gloriosa
Que me deixa de joelhos
Nos braços de um Anjo longe daqui
Deste quarto escuro e gelado de hotel e o infinito que você teme
Você é puxado dos destroços do seu devaneio silencioso
Você está nos braços de um Anjo, que você encontre algum conforto aqui
Você está nos braços de um Anjo, que você encontre algum conforto aqui

;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bora trocar ideia!! Comenta aí!

Luana Giampietro © Copyright 2018.