domingo, 17 de setembro de 2017

Diário de Bridget Jones e O Diário de Bridget Jones : No limite da razão

Cinco estrelas para Elen Fielding e o Diário de Bridget Jones e O Diário de Bridget Jones : No limite da razão.
O primeiro livro, com pouco mais de 200 páginas, é desses que você lê em menos de uma semana, e fica querendo que fosse maior, então corre comprar o segundo, com mais de 400 páginas, afinal, precisa saber como vai acabar a longa trajetória de trapalhadas de Bridget Jones, uma mulher comum, na casa dos trinta anos, que:
Ainda não arrumou um emprego que a realize.
Acha que nenhum homem jamais será capaz de se interessar por ela.
Sempre se mete em relacionamentos furados.
Tem uma amiga que tenta roubar seu namorado.
Tem uma mãe maluca.
Está um pouco acima do peso.
Está tentando parar de fumar.
Está tentando parar de beber.
Deixa a ginástica pra depois, sempre pra amanhã.
Gasta mais do que tem.
Chega atrasada...
ou seja, uma mulher comum, como qualquer uma de nós,
o que nos atrai tanto em Bridget?
Ela é a própria mulher dos anos 2000, e não tem como não se identificar com ela, você acaba torcendo por ela, tanto que não consegue largar o livro enquanto não chega o fim...
E depois de ler o livro... é claro, você vai correr pra ver o filme!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bora trocar ideia!! Comenta aí!

Luana Giampietro © Copyright 2018.